Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Sacerdócio Feminino
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

DONS DO ESPÍRITO SANTO PDF Imprimir E-mail

No Antigo Testamento podemos ler em Isaías:

- Brotará uma vara do tronco de Jessé e um rebento das suas raízes:

- Espírito de Sabedoria e de Entendimento.

- Espírito de Conselho e de Fortaleza.

- Espírito de Ciência e de Temor de Deus.

- E pronunciará os seus decretos no Temor do Senhor. (Is. 11/1-3).

Nestas palavras o profeta, Isaías indicou os Dons que devia possuir o Messias.

Do mesmo modo estas palavras nos ensinam quais as qualidades especiais que hão de receber os que seguem a Jesus, segundo a Economia Divina, quando eles recebem os Dons do Espírito Santo.

Quando nós recebemos os Dons do Espírito Santo, recebemos os mesmos Dons que possuía o Messias, Jesus Cristo.

O que é que estes Dons significam para nós?

- Os Dons o Espírito Santo são qualidades especiais que nós recebemos principalmente no Sacramento da Confirmação (ou Crisma).

Por isso se diz que a Confirmação é o Sacramento do Espírito Santo.

Por ele nós recebemos um crescimento e aprofundamento da graça batismal, como nos diz o Catecismo da Igreja Católica, ao tratar dos efeitos da Confirmação:

1302. - Ressalta desta celebração que o efeito do sacramento da Confirmação é a infusão do Espírito Santo em plenitude, tal como outrora aos Apóstolos, no dia de Pentecostes.

1303. - Daqui que a Confirmação venha trazer crescimento e aprofundamento da graça batismal:

- Enraíza-nos mais profundamente na filiação divina, que nos permite dizer Abba! Pai! (Rom.8:15).

- Une-nos mais intimamente a Cristo.

- Aumentam em nós os Dons do Espírito Santo.

- Torna mais perfeito o laço que nos une à Igreja.

- Dá-nos uma força especial do Espírito Santo para propagar e defender a fé, pela palavra e pela ação, como verdadeiras testemunhas de Cristo, e para nunca nos envergonharmos da Cruz.

Na mesma ordem apresentada por Isaías, nós temos ainda hoje os mesmos Dons do Espírito Santo e a Tradição acrescentaram mais o Dom da Piedade.

Sobre os Dons do Espírito Santo diz-nos o Catecismo da Igreja Católica que os enumera assim :

1831. - Os sete Dons do Espírito Santo são : a sabedoria, o entendimento, o conselho, a fortaleza, a ciência, a piedade e o temor de Deus. Pertence em plenitude, a Cristo, filho de David. Completam e levam à perfeição as virtudes de quem os recebe. Tornam dóceis os fiéis na obediência às inspirações divinas.

Eis o que se deve entender por cada um deles :

Sabedoria : É o oposto à Estreiteza de espírito.

A pessoa sábia não olha as coisas apenas de um ponto de vista, mas sim de maneira integral.

Sabedoria significa ver as coisas de todos os ângulos.

É esta larga visão que faz as pessoas sábias e é neste sentido que nos pode ajudar o Dom da Sabedoria.

Entendimento : Significa a Ciência do coração.

Entender significa ver a partir do coração das outras pessoas, sentir e conhecer os sentimentos e as atitudes do coração das outras pessoas.

É neste sentido que nos pode ajudar o Dom do Entendimento..

Conselho : Significa tomar boas decisões.

Para se poderem tomar boas decisões é necessário um trabalho preparatório; ver as alternativas e prever as consequências.

Então, quando a pessoa julga, o seu julgamento será correto.

É neste sentido que nos pode ajudar o Dom do Conselho.

Fortaleza : Significa que é preciso viver as decisões tomadas, sejam quais forem as dificuldades.

Significa coragem para viver as próprias convicções, a qualquer preço.

É neste sentido que nos pode ajudar o Dom da Fortaleza.

Ciência : Significa um conhecimento claro do mundo tal como ele é para cada um, conforme a época da vida em que se vive.

O mundo vai mudando e é preciso interpretá-lo a seu tempo.

É neste sentido que nos pode ajudar o Dom da Ciência.

Piedade : Significa ter na devida conta e apreço o valor da vida e tudo o que a mantém e suporta.

O Dom da Piedade é para se enfrentar a realidade e responsabilidade de cada um, como por exemplo, os pais dedicarem-se aos seus filhos com todo o cuidado e ternura.

Cada um deve assumir as suas responsabilidades.

É neste sentido que nos pode ajudar o Dom da Piedade.

Temor de Deus : Significa que se deve reconhecer com profundos sentimentos de respeito e amor, que se está sempre na presença de Deus.

Assim mais facilmente se reconhece o perigo do erro e do pecado bem como a vantagem do bem e do cumprimento do dever.

É nesse sentido que nos pode ajudar o Dom do Temor de Deus.

Porque dá Deus os Seus Dons ao Seu Povo ?

Os Dons do Espírito Santo não são concedidos às pessoas apenas para sua felicidade pessoal no contexto da Economia Divina.

Eles são concedidos para o bem da sua comunidade, para o bem de toda a Igreja e para o bem do mundo inteiro.

Os Dons do Espírito Santo são concedidos para ajudar a construir o Corpo Místico de Cristo e para o tornar santo.

Os Dons do Espírito Santo tornam o Povo de Deus capaz de viver como Jesus viveu.

Os Dons do Espírito Santo concedem às pessoas tudo o que elas necessitam para se tornarem membros ativos e plenamente participantes da vida cristã, elementos vivos da Igreja Católica.

Embora todos nós sejamos membros da Igreja Católica desde o dia do nosso Batismo, todavia, todos nós, mais ou menos, temos dificuldade em cumprir tudo o que a Igreja Católica nos ensina.

No dia de Pentecostes, quando Pedro teve que falar para uma enorme multidão, ele resumiu o que é a fé da Igreja Católica nestes termos :

- "Homens de Israel, escutai estas palavras : Jesus de Nazaré, Homem acreditado por Deus junto de vós, com milagres, prodígios e sinais que Deus realizou no meio de vós, por Seu intermédio, como vós próprios sabeis, a Este, depois de entregue, conforme o desígnio imutável e a previsão de Deus, matastes, cravando-O na cruz, pela mão de gente perversa. Mas Deus ressuscitou-O, libertando-O dos grilhões da morte, pois não era possível que ficasse sob o seu domínio (... ). Foi a esse Jesus que Deus ressuscitou, do que nós somos testemunhas. Tendo sido elevado pela direita de Deus, recebeu do Pai o Espírito Santo prometido e derramou o que vedes e ouvis.. (... ). Saiba toda a casa de Israel, com absoluta certeza, que Deus estabeleceu, como Senhor e Messias, a esse Jesus por vós crucificado". (At.2,22-36)

Mais tarde, no ano 325, os chefes da Igreja reuniram-se no Concílio Ecumênico de Nicéia para estudarem e decretarem sobre as verdades da fé Católica e formularam o chamado Credo de Nicéia que ainda hoje é recitado na Missa, e o qual inclui 14 decretos de Fé.

Os Dons do Espírito Santo são dons necessários para o plano da História da Salvação.